Inscrição profissional provisória por transferência

Inscrição profissional provisória por transferência


Somente poderá requerer a Inscrição Provisória se a Certidão de Colação de Grau estiver com a data de até 90 dias da data de colação.

Documentos necessários


1) Requerimento solicitando inscrição Provisória Modelo 35 padrão fornecido do CRF-SC;

2) Certidão fornecida pelo Conselho de origem de que não possui em andamento nenhum processos de penalidade, de responsabilidade técnica, de cobrança de anuidade ou multas (Certidão de Transferência);

3) 01 fotografia 3X4 de frente, recentes;

4) Certidão expedida pela Universidade comprovando a colação de grau;

5) Comprovante de publicação no Diário Oficial da União do ato de reconhecimento do curso (para cursos novos);

6) Histórico Escolar (Superior) original ou fotocópia autenticada;

7) Fotocópias autenticadas de RG (não poderá ser substituído pela CNH – Carteira Nacional de Habilitação), Título de Eleitor, CPF e Certificado de Reservista (sexo masculino). Se entregar a documentação pessoalmente, a autenticação poderá ser realizada pelo atendente do CRF/SC confrontando as cópias com os originais;

8) Comprovante de pagamento do valor do serviço solicitado. Para o envio do boleto, o interessado deverá informar ao CRF-SC o nome completo, endereço completo com o CEP exato, data de nascimento, CPF e tipo de inscrição solicitada (Provisória por Transferência), por meio do e-mail: profissionais@crfsc.gov.br . Após isso, o CRF-SC retornará o e-mail com o boleto anexo.

Importante:
1. Por determinação do Banco Central, aguardar 48 horas a partir da emissão do boleto para realizar o pagamento. O CRF-SC não aceita pagamento na sede ou em suas seccionais, devendo ser efetuado em agência bancária, caixa eletrônico, casa lotérica ou internet banking (sistema on-line). Não será aceito agendamento do pagamento.

2. A certidão de colação de grau será aceita apenas se não tiver ultrapassado 90 (noventa) dias da sua expedição.

3. No ato de entrega do requerimento os valores do serviço deverão estar pagos;

4. O profissional inscrito provisoriamente, receberá um cartão de registro provisório, conforme modelo estabelecido pelo Conselho Federal de Farmácia;

5. A inscrição provisória será concedida pelo prazo máximo de 12 (doze) meses, podendo ser renovada por igual período, admitindo-se ainda, prorrogação excepcional por motivo de força maior ou caso fortuito;

6. O prazo de validade da inscrição será mencionado expressamente em cor vermelha no cartão de registro;

7. Esgotado o prazo de inscrição provisória sem que tenha sido solicitada sua renovação, ou pedido de inscrição definitiva, O conselho Regional de Farmácia adotará as providências para apurar e punir eventual exercício ilegal da profissão;

8. A renovação do cartão provisório dependerá de requerimento instruído com prova de que o diploma ou seu registro continua em fase de processamento;

9. O cancelamento da inscrição provisória será comunicado às autoridades pelo CRF/SC, e

10. Ao inscrito em caráter provisório serão conferidos todos os direitos assegurados ao profissional com inscrição definitiva, assim como estará sujeito a todas as respectivas obrigações.

11. Imediatamente após ser liberado o diploma pela Faculdade, o farmacêutico deverá enviá-lo ao CRF-SC, juntamente com um requerimento (padrão do CRF-SC) solicitando a inscrição definitiva.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support